As 8 principais coisas a serem consideradas na hora de desenvolver um aplicativo lucrativo

O desenvolvimento de aplicativos pode ser um pouco esmagador para algumas pessoas, pois envolve muitas decisões e escolhas. Se é a sua primeira vez, então com certeza podemos entender as perguntas que você pode estar se perguntando. Com a tecnologia avançando tão rapidamente, os aplicativos precisam ser desenvolvidos de maneira que correspondam às últimas tendências tecnológicas.

Ir para o desenvolvimento de aplicativos será a melhor decisão para o seu negócio, especialmente se você é uma startup. Startups precisam reunir um público e convertê-los em clientes regulares. Isso pode ser conseguido com a ajuda de aplicativos móveis, pois dará ao público uma plataforma para envolver, interagir e coletar informações sobre a inicialização.

Um aplicativo deve ser desenvolvido de forma que não haja desperdício no processo de desenvolvimento do aplicativo, todas as oportunidades são exploradas e o resultado final vale todo o esforço e os custos. Para que isso aconteça, estamos escrevendo este blog sobre coisas a serem consideradas ao desenvolver aplicativos para dispositivos móveis.

Vamos começar com porque você deve obter um aplicativo para sua inicialização.

Por que criar um ótimo aplicativo para dispositivos móveis para sua empresa?

O fato de que até 2020, haverá 20 bilhões de dispositivos móveis faz com que a construção de um aplicativo que pode lucrar o seu negócio é muito importante. A maioria dos usuários móveis prefere aplicativos móveis para realizar tarefas e os aplicativos são mais um estilo de vida do que apenas uma solução tecnológica.

Aqui estão algumas razões convincentes pelas quais as empresas devem ter um aplicativo.

Vendas adicionais

Com um aplicativo móvel no bolso do seu cliente, você tem muito o que usar para aumentar suas vendas. A simplicidade e a conveniência de usar um aplicativo para comprar um produto incentivam os usuários a comprar repetidamente. Quando comparado a websites, os aplicativos têm mais acessibilidade e as pessoas podem fazer uma compra em qualquer lugar. Outra maneira de obter receita é exibindo anúncios nos aplicativos. Você também pode cobrar usuários pelo seu aplicativo. Se o aplicativo valer a pena pagar, os clientes irão comprá-lo.

Reduz o custo de marketing

Os custos de marketing são enormes e nem todas as startups podem pagar por isso. Com os aplicativos, você obtém uma ferramenta de marketing gratuita que reduz o custo do marketing, ao contrário do marketing tradicional. Os aplicativos móveis são ferramentas de marketing de baixo custo, nas quais notificações push podem ser usadas para comercializar novos produtos, informar sobre ofertas e convidar novamente os usuários para aumentar a atividade do aplicativo. Não esquecer que leva menos tempo, baixo custo e atinge um grande público ao mesmo tempo.

Experiência do cliente

Um negócio é executado por causa de seus clientes e impressioná-los é o maior trabalho. Aplicativos móveis são, sem dúvida, uma ótima maneira de melhorar a experiência do cliente. Os websites são ótimos para alcançar um público maior, mas não oferecem a mesma sensação que um aplicativo. Os aplicativos são projetados de maneira deliberada, de modo que se ajustem a telas pequenas, ao mesmo tempo em que dão satisfação visual aos usuários. Os aplicativos têm acesso rápido aos recursos do dispositivo, como chamadas, câmera, GPS, etc., o que os torna mais agradáveis.

Borda sobre os concorrentes

Mesmo que a maioria das empresas tenha um aplicativo, ainda pode haver uma chance para você florescer. Existem duas possibilidades que tornam possível a sua chance de ter sucesso com um aplicativo. Em primeiro lugar, pode haver empresas no seu nicho que não foram móveis, o que dá uma vantagem. Em segundo lugar, mesmo que algumas empresas tenham, elas podem não ser um ótimo aplicativo. Um aplicativo mal desenvolvido não é de bom uso e você tem uma chance lá.

Alcance mais amplo

Há uma população que só opera seus negócios por meio de aplicativos móveis. Se você não tem um aplicativo, está perdendo essa população em particular. Um grande número de usuários prefere um aplicativo para dispositivos móveis no site, conforme visto nas estatísticas acima. Para saber qual porcentagem de seus usuários são direcionados para dispositivos móveis, confira a porcentagem de visitantes do site que os acessam por meio de telefones celulares. Além disso, os usuários mais jovens são mais propensos a usar aplicativos para dispositivos móveis em comparação aos adultos.

Feedback dos clientes

Se uma empresa não atende às necessidades de seus clientes, está prejudicando seu próprio crescimento. A maioria das empresas adota a rota inteligente e considera o feedback do cliente um benefício sério. Com o feedback de seus clientes, você pode reformular o negócio ou fazer as alterações necessárias. Uma ótima maneira de coletar feedback é por meio de avaliações da loja de aplicativos ou da seção de comentários no aplicativo. Você também pode executar pesquisas no aplicativo periodicamente.

Viscosidade

Aplicativos móveis são uma estratégia para entrar no bolso do cliente. A conveniência que traz para os usuários é muito apreciada por eles. Ter um aplicativo em seus bolsos e poder acessá-lo a qualquer momento e em qualquer lugar cria aderência à sua marca. Ao contrário dos sites, os aplicativos estão sempre a um clique ou a um toque de distância e isso incentiva a interação repetida com a empresa. Também há grandes chances de que os aplicativos para dispositivos móveis tragam à sua empresa uma grande porcentagem de clientes fiéis.

Agora que vimos por que você deve obter um aplicativo para sua startup, aqui estão algumas dicas para criar um aplicativo lucrativo.

Quais são os principais pontos a serem considerados ao desenvolver um aplicativo para dispositivos móveis?

É fácil decidir usar um aplicativo do que planejar construir um bom aplicativo. O desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis é um processo que precisa de consideração adequada. Precisa ser o mais eficiente possível. Nesta seção, indicaremos algumas coisas a serem consideradas ao desenvolver aplicativos para dispositivos móveis.

Solidifique a ideia do aplicativo

Uma das dicas de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis para iniciantes é a ideação do aplicativo. Antes de pensar no processo de desenvolvimento de aplicativos, verifique se a ideia do aplicativo é ótima. Toda a base do aplicativo é a ideação e você precisa ter certeza de que tem tudo para tornar o aplicativo um sucesso. Você precisa se perguntar se a ideia do aplicativo é forte o suficiente para sobreviver ou não à concorrência prejudicial. O aplicativo também deve ter uma vantagem sobre a concorrência e deve ser capaz de resolver problemas em nível comercial.

Defina seu passo de elevador

Uma das coisas a considerar ao desenvolver aplicativos para dispositivos móveis é o passo do elevador. Você tem pouco tempo para apresentar seu negócio na frente dos investidores e é por isso que ter um passo de elevador perfeito é importante. Isso também ajuda a encontrar a clareza na sua ideia de aplicativo e modelo de negócios. Você deve ser rápido sobre o seu negócio, os problemas que vai resolver, o financiamento necessário e o público alvo.

Identifique o público-alvo

As pessoas acham que todo o aplicativo que usa a população é o público-alvo, pois todos podem usar um aplicativo. Mas há uma enorme diferença entre alguém que pode usar um aplicativo e alguém que quer usar um aplicativo. Definir o seu público-alvo trará mais tração para o negócio. Conhecer o seu público-alvo ajuda na construção de um aplicativo como por seu gosto. Um aplicativo que satisfaça as necessidades do cliente será bem-sucedido.

Considere a plataforma do aplicativo

Fatores no desenvolvimento de aplicativos móveis também incluem a plataforma de aplicativos. Na verdade, é uma das coisas mais importantes a considerar ao desenvolver aplicativos para dispositivos móveis. No mundo dos aplicativos móveis, o iOS e o Android se tornaram as principais plataformas para o desenvolvimento de aplicativos. Há um debate em andamento entre o Android e o iOS para startups e não vai terminar tão cedo. Alguns acham que o iOS é a plataforma certa para eles e alguns acham que o Android é o caminho a percorrer. Ambas as plataformas são ótimas na realidade e têm seus prós e contras. O iOS usa a linguagem Swift ou Objective-C, enquanto o Android usa Java ou Kotlin.

No entanto, existe uma opção para selecionar as duas plataformas ao mesmo tempo. Os aplicativos de plataforma cruzada são desenvolvidos para serem acessíveis em várias plataformas. As estruturas de plataforma cruzada que usamos hoje são Ionic, Xamarin etc. Um nome mais simples para aplicativos de plataforma cruzada são aplicativos híbridos.

Otimização de loja de aplicativos

Até agora, você viu muitas coisas para pensar ao criar um aplicativo. A otimização da App Store e da Play Store são outros fatores cruciais para consideração. Sua página da loja de aplicativos é uma maneira de criar uma boa impressão na frente dos usuários. 60% dos aplicativos são encontrados por meio da pesquisa orgânica e são direcionados para a página da loja de aplicativos do seu aplicativo. Você precisa fazer com que o aplicativo pareça o mais atraente possível seguindo as diretrizes de otimização da loja de aplicativos.

Opções de monetização

Uma das coisas que você deve ter em mente ao desenvolver um aplicativo para dispositivos móveis é o modo de monetização. Tão bom quanto ganhar dinheiro com o aplicativo diretamente, existem outras maneiras de ganhar dinheiro com o aplicativo. Se o seu aplicativo for bom o suficiente, você poderá ganhar de formas diferentes usando seu aplicativo. Você pode ganhar dinheiro diretamente do seu aplicativo das seguintes maneiras:

  • Aplicativos Freemium: esses aplicativos são os tipos mais comuns de aplicativos. Os aplicativos podem ser baixados gratuitamente, no entanto, para acessar alguns recursos que os usuários têm para comprá-lo a partir do aplicativo.
  • Aplicativos pagos: os aplicativos pagos precisam ser comprados pelos usuários para usá-los. Mas para que isso funcione, o marketing do aplicativo precisa ser forte para que o valor real e os recursos exclusivos do aplicativo sejam exibidos.
  • Compras no aplicativo: os aplicativos podem ter recursos especiais pelos quais os usuários podem pagar. Esses recursos só são acessíveis para aqueles que fizeram as compras no aplicativo.
  • Assinatura: Assinatura é uma maneira de ganhar em uma base regular. Os usuários podem se inscrever em um aplicativo mensalmente e aproveitar a melhor versão do aplicativo. A maioria dos aplicativos tem freemium para a versão simples e assinatura de uma versão premium do aplicativo.
  • Anúncios no aplicativo: ganhar receita com os anúncios é bastante comum nos dias de hoje. Não há barreiras para os usuários, já que assistir anúncios não custa nada. O aplicativo pode ter uma seção para exibir anúncios ou pode adicionar anúncios em vídeo ao aplicativo. No entanto, a experiência do usuário não deve ser comprometida quando se está indo para anúncios no aplicativo.
  • Patrocínios: esse método de ganhar dinheiro é possível quando você gera uma boa base de usuários. Você pode fazer parceria com algumas marcas e anunciar seus produtos no aplicativo. Existe um benefício bidirecional no patrocínio para você. Primeiro, as marcas pagam pelas ações do usuário e, segundo, os usuários aumentarão o engajamento no aplicativo.

Medidas de segurança de aplicativos

Se seu aplicativo não é seguro, seu aplicativo não é para os usuários. Com tanto avanço em tecnologia, há um grande risco de quebra de segurança e hacking. É por isso que você precisa seguir as práticas de segurança de um aplicativo à prova de invasão para proteger os dados de seus usuários. A maioria dos usuários é ingênua com o conceito de hacking e precisa de um aplicativo que não precisa se preocupar.

Estratégias de marketing para pré-lançamento e pós-lançamento

A estratégia de marketing do aplicativo é uma das coisas a considerar ao desenvolver aplicativos para dispositivos móveis. Antes de o aplicativo ser lançado, a conscientização apropriada deve ser criada sobre o aplicativo. Isso ajudará a impulsionar os downloads do aplicativo assim que o aplicativo for iniciado. O pré-lançamento é tão importante quanto o pós-lançamento e as estratégias de marketing para ambos devem estar prontas.

Essa foi nossa opinião sobre dicas para o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis. Tem uma ideia de aplicativo? Entre em contato com nossa equipe de desenvolvedores hoje.

Artigo escrito pela equipe de conteúdo da HunterApp, empresa de desenvolvimento de aplicativos.

Rádio para carros: Conheça os modelos atuais e quais são os melhores!

O rádio para carros é um verdadeiro alívio para as horas paradas no trânsito. Nessas situações em que normalmente você ficaria estressado, é só aumentar o volume e esperar curtindo um som. Mas para isso, é ideal escolher o melhor modelo para o seu carro.

Se você está planejando comprar um rádio para carros e não sabe quais são os modelos mais inovadores, confira algumas dicas no artigo de hoje!

Vale a pena comprar um rádio para carros com CD?

Se você ainda tem aquela coleção de CDs nostálgicos que não consegue escutar porque hoje em dia tudo se faz por pen drive ou celular, é uma ótima ideia comprar um rádio com CD player.

Os modelos mais recentes também acompanham outras entradas mais modernas para escutar os formatos MP3 do seu celular.

Nesse caso, os melhores modelos são:

CD Player Quatro Rodas MTC6614

O rádio para carros da marca Quatro Rodas é uma opção mais barata com CD player para quem quer ouvir suas músicas todo dia. Ele pode ser encontrado por R$ 139,90 e possui entrada USB e para cartão de memória.

Ele não possui Bluetooth, mas é a opção de melhor custo-benefício por oferecer qualidade e funcionalidades básicas a um preço baixo.

Rádio para carros Pioneer DEH-S4080BT

O DEH-S4080BT é um modelo com entrada USB e para cabo auxiliar, mas também possui conexão Bluetooth permitindo que você receba ligações sem parar o carro para atender.

Esse é um modelo mais caro, sendo encontrado por aproximadamente R$ 400, mas que vale o investimento pela durabilidade e som de alta qualidade.

Quais são os melhores com entrada USB e bluetooth?

Atualmente os modelos de rádio para carros possuem entrada USB e conexão Bluetooth, mas não têm entrada para CD. Isso porque o USB permite que você conecte o celular ou o pen drive para escutar apenas as músicas que você selecionou, enquanto o bluetooth pode ser usado para escutar as músicas do celular sem precisar de fios.

Esses modelos 1 Din costumam ser mais baratos por não possuírem entrada para CD/DVD, sendo que os melhores disponíveis no mercado são:

First Option 6630BCN

Esse modelo é o mais barato do mercado, e o melhor acessório para celta, pode ser encontrado por apenas R$ 69,90. Ele aceita cabo auxiliar, cartão SD, entrada e USB e possui conexão Bluetooth. É uma excelente opção para cumprir as funções básicas a um custo baixo.

Multilaser New One PP3319

Por um preço de apenas R$ 99,90, essa MP3 player aceita estações FM, cabo auxiliar, possui entrada para pen drive de até 8g e aceita conexão Bluetooth. É atualmente a melhor opção em custo-benefício para quem prefere comprar com uma marca reconhecida e de confiança.

Pioneer MVH-S218BT

Se você conhece a qualidade do som Pioneer e gosta de confiança na marca, esse modelo será o ideal. Com o preço mais elevado, de R$ 259, esse rádio para carros possui entrada USB, Aux e RCA, além da conexão Bluetooth.

Ele também aceita rádios AM/FM e reproduz uma maior variedade de formatos de áudio como mp3, wma, wav e flac, expandindo as possibilidades de som.

Afinal, como escolher o melhor rádio para carros?

Agora que você já conhece um pouco mais dos modelos, o ideal na hora de comprar seu rádio automotivo é que você escolha uma marca de confiança, um preço que cabe no seu bolso e um equipamento de acordo com suas necessidades.

Não adianta, por exemplo, levar um modelo cheio de funcionalidades se você só gosta de usar o CD player.

Além disso, lembre de olhar o tamanho do seu som, pois os modelos 1 Din são os menores e que encaixam na maioria dos carros, enquanto o 2 Din é do tamanho de uma central multimídia e pode não se adaptar bem em qualquer automóvel

Se você gostou das dicas, deixe seu comentário.

Como conseguir um novo emprego em 2019

Diante da crise que se instaurou no país, muitas pessoas acabaram perdendo o seu emprego e, tantas outras foram impedidas de entrar no mercado de trabalho. Mas, com as eleições, os brasileiros investiram em um novo começo, depositando a esperança na recuperação econômica do país.

Ano novo, novos desafios. Neste ano de 2019 as empresas prometem retomar as contratações e aumentar o número de funcionários. Além disso, existem diversas vagas disponíveis no mercado aguardando pessoas qualificadas.

Assim como em todos os anos, a qualificação e dedicação serão essenciais para conseguir uma oportunidade no mercado de trabalho. E, a apresentação de um currículo bem desenvolvido continuará sendo primordial para conseguir uma boa entrevista.

Mas, diferentemente de outros anos, a automatização dos processos será ainda maior em 2019. Com o avanço da inteligência artificial as empresas  passarão a dispor de mecanismos online para captação de candidatos e execução das entrevistas. Este ano, os softwares de recrutamento serão cada vez mais utilizados e você precisa estar preparado para isso.

Diante das mudanças no mercado de trabalho é preciso estar atento. Veja algumas dicas de como conseguir um novo emprego em 2019:

 

1. Atualize o seu currículo

O currículo é a forma como a empresa vai conhecê-lo. Por isso, ter um currículo bem escrito e que contenha todas as informações é muito importante. Em 2019, as empresas prometem automatizar ainda mais os processos, então saber como preencher o currículo em sites de vaga e fazer uma excelente carta de apresentação é primordial.

Procure estruturar as informações na ordem correta. Descreva as suas experiências anteriores da melhor forma possível. Caso nunca tenha trabalhado, dê destaque às suas qualificações.

 

2. Melhore suas qualificações

Com a crescente competitividade no mercado de trabalho ter boas qualificações se tornou ainda mais necessário. As empresas buscam por pessoas inovadoras, que tenham conhecimentos únicos e façam a diferença.

Qualificar-se com cursos de inglês, excel e outros cursos online básicos é muito importante, mas não é tudo. Procure sair da caixa e investir em algo novo dentro da sua área de atuação. Expanda os seus conhecimentos e mostre em seu currículo e, principalmente, na entrevista, o quanto você sabe e como pode aplicar os seus conhecimentos e qualificações em seu trabalho.

 

3. Preparare-se para as entrevistas

O grande erro de muitas pessoas, e o fato de serem recusados na entrevista, é a falta de preparação. Muitos acreditam que já dominar as salas de entrevistas e acabam indo até o encontro do recrutador sem preparo.

Com a automatização dos processos de recrutamento e seleção, muitas empresas farão as entrevistas online, por meio de vídeos ou webcam. Essa distância entre o recrutador e o candidato, pode ser boa para acalmar os ânimos e deixá-lo mais relaxado e tranquilo para responder as perguntas. Mas, seja presencial ou à distância, é sempre importante passar verdade e tranquilidade ao recrutador.

 

4. Faça Networking

Construir uma boa rede de contatos se torna cada vez mais essencial com o passar dos anos. A famosa indicação, invadiu as grandes empresas e tem um peso cada vez maior no momento da contratação. Por isso, fazer networking, construindo uma rede sólida, com pessoas que realmente te impulsiona no meio empresarial é muito importante.

 

5. Busque as melhores oportunidades

As oportunidades estão disponíveis, mas é preciso saber escolher bem. Muitas pessoas acabam optando por empregos onde a remuneração é alta, mas as chances de crescer são pequenas e, esse é um grande erro. Começar em um cargo menor, ganhando um pouco menos em uma empresa onde conseguirá crescer e atingir posições e salário melhores de forma rápida e organizada é sempre a melhor opção.

 

Siga essas dicas e consiga um bom emprego em 2019!